Copa São Paulo de Kart: Thomas Kühne sagra-se campeão da Mini Max Rotax Rookie

Copa São Paulo de Kart: Thomas Kühne sagra-se campeão da Mini Max Rotax Rookie

Com apenas 11 anos de idade, Thomas Kühne também soma os títulos de vice-campeão Sul-americano e do Festival Brasileiro Rotax, além do recorde do Kartódromo de Interlagos.

Com apenas 11 anos de idade, e prestes a completar a sua segunda temporada no automobilismo, o garoto Thomas ‘Tommy’ Kühne (Audi/Kienbaum/TR3 Motorsport) já inscreveu o seu nome na galeria de campeões do kartismo. Neste mês ele comemorou o título de campeão da Copa São Paulo de Kart, na categoria Mini Max Rotax Rookie, disputada integralmente no Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP). Anteriormente ele já havia conquistado o vice-campeonato Sul-americano e também o vice do Festival Brasileiro Rotax, ambos na classificação geral.

“Gostei muito da temporada, pois o nível dos meus concorrentes foi muito alto, a maioria com mais experiência do que eu e alguns até que já correram fora do país”, comemorou Thomas. O vice-campeão foi Fernando Barrichello, filho mais novo do ex-piloto de Fórmula 1 Rubens Barrichello, seguido de Nícolas Giaffone, filho do ex-piloto Zequinha Giaffone. “O kart da Rotax é forte, aprendi bastante e também foi muito interessante ter disputado dois campeonatos importantes, como o Sul-americano e o Brasileiro, e com isto fui ganhando experiência e fui melhorando”, acredita.

Com calendário da Copa São Paulo composto por 20 corridas, Thomas foi construindo o seu título desde o começo do ano, vencendo o primeiro turno do certame reservado aos novatos. No segundo turno foi ainda mais contundente para vencer novamente de forma soberana. Com isto, levantou a taça de campeão da temporada após subir no pódio em 18 das 20 baterias, conquistando oito vitórias, seis segundas e quatro terceiras posições de chegada, além de quatro pole positions e estabelecer a volta mais rápida em metade das provas.

“No começo da temporada não fui tão bem, pois vim da Cadete e precisei me acostumar com o motor da Rotax”, lembrou Tommy, que no primeiro semestre alcançou apenas duas vitórias, uma pole position e quatro voltas mais rápidas na Copa São Paulo. “A partir do meio do ano já melhorei e venci mais corridas, na medida em que ganhei mais experiência”, completou o garotinho.

O experiente chefe da equipe TR3 Motorsport, que foi instrutor e depois também adversário de Ayrton Senna no kartismo, não poupou elogios ao seu pequeno pupilo. “O Tommy é um piloto extremamente veloz. Por ser o seu primeiro ano na Rotax teve um desempenho acima da média. Ficou com o vice-campeonato sul-americano e brasileiro, e foi campeão da Rotax na categoria Rookie. Ele sempre está entre os ponteiros”, admirou Waltinho Travaglini, que aproveitou para contar uma novidade. “Ano próximo já começará também na categoria Júnior Menor, com motores 2 tempos, participando dos melhores campeonatos brasileiros. Acredito que logo ele estará disputando vitórias com os melhores do kartismo nacional”, conclui o ídolo do kartismo nacional.

Confira os dez primeiros da Mini Max Rotax Rookie (Copa São Paulo): 1) Thomas Kühne, 281 pontos; 2) Fernando Barrichello, 238; 3) Nicolas Giaffone, 224; 4) Felipe Bartz, 205; 5) Pedro Henrique, 205; 6) Gabriel Crepaldi, 97; 7) Leonardo Carise, 93; 8) Theo Manna, 75; 9) Pedro Aizza, 61; 10) Gabriel Santos, 58.

Confira os dez primeiros do Festival Brasileiro Rotax – Categoria Mini Max Rotax: 1) Matheus Morgatto; 2) Thomas Kühne; 3) Francisco Porto; 4) Gabriel Bortoleto; 5) Fefo Barrichello; 6) Pedro Henrique; 7) Enrico De Lucca; 8) Felipe Bartz; 9) Leonardo Reis; 10) João Barcelos.

Confira os primeiros do Campeonato Sul-americano Rotax – Categoria Mini Max Rotax: 1) Leonardo Reis (Brasil); 2) Thomas Kühne (Brasil); 3) Gabriel Bortoleto (Brasil); 4) Enrico De Lucca (Brasil); 5) Juan Rodriguez (Colombia); 6) Fernando Barrichello (Brasil); 7) Lorenzo Astiz (Argentina); 8) Lucas Cristancho (Colombia); 9) Leonardo Cerise (Brasil).