Família da Poeira comemora ano de títulos

Família da Poeira comemora ano de títulos

Reinaldo Varela, sua esposa Nani e seus filhos Rodrigo, Gabriel e Bruno venceram provas e conquistaram títulos no rally.

Ela é conhecida como ‘Família da Poeira’, mas bem que poderia ser chamada de ‘Família de Ouro’, tantas foram as vitórias e títulos que colecionaram no rally em 2015. Reinaldo Varela, sua esposa Nani e seus filhos Rodrigo, Gabriel e Bruno comemoram uma temporada maravilhosa, que marcou história no esporte a motor nacional.

O patriarca da família, Reinaldo Varela (Divino Fogão / Blindarte / Temp Clean / Tecmin / Ibis / Itamotors), ao lado de seu navegador Gustavo Gugelmin, foi um dos maiores destaques brasileiros no exterior, ao terminar o Campeonato Mundial de Rally Cross Country na terceira posição, mesmo tendo participado de apenas metade das provas. De quebra, venceu o Rally dos Sertões e pelo segundo ano consecutivo foi eleito o melhor piloto de Rally do Brasil, ganhando o Capacete de Ouro.

“Foi mais uma temporada de aprendizado, com bons resultados. Só não completei o campeonato porque tive que me dedicar aos meus negócios, mas valeu à pena. E a vitória no Rally dos Sertões foi um dos principais títulos de minha carreira”, comentou o campeão mundial em 2001 e 2012, que já havia vendo esta prova em 2000.

“O que eu tenho que comemorar mais neste ano foi a minha família inteira ter corrido junto pela primeira vez. E o principal foi todo mundo terminar bem, sem acidentes e problemas de saúde. Todos tiveram resultados maravilhosos e isto foi só conseqüência do trabalho e competência dos meus filhos”, elogiou o piloto que tem 348 corridas e 111 vitórias em 34 temporadas no automobilismo.

“Temos somente a agradecer. Foi um ano top para todos. Muita poeira, adrenalina, velocidade, garra e também competência. Ano que vem tem mais, muito mais!”, emendou Gugelmin.

Os filhos de Reinaldo Varela também fizeram muito sucesso nas trilhas, correndo de UTV, a nova coqueluche do esporte a motor, reunindo grid médio de 50 carrinhos. O mais velho e experiente, Rodrigo, conquistou o título de campeão brasileiro de Rally Baja na classe Pro, vencendo 13 das 15 etapas, e ainda foi vice-campeão do Rally dos Sertões na classe Turbo.

“Mais um ano que passa para a Família da Poeira, sempre nas grandes disputas e diversões no esporte. E este ano foi diferente, com toda a família correndo junto, o que é uma conquista gigantesca, e ainda mais subindo no pódio”, enalteceu o piloto da Can-Am/Blindarte.

“Depois de tantos anos acompanhando o meu pai correndo, e chegar no ano em que ele venceu o ‘Sertões’, conseguiu ao lado do Nelsinho Piquet um dos melhores resultados de brasileiros no automobilismo mundial, eleito o melhor piloto do Brasil com o Capacete de Ouro, e vencermos em nossas categorias, nos mesmos ralis que ele esteve, foi muito bom. Em 2016 estaremos todos juntos atrás de novas conquistas, disputando com os melhores pilotos do Brasil”.

O caçula da Família da Poeira foi a grande surpresa da temporada de UTV. Em seu ano de estreia Bruno conseguiu com o maior número de vitórias o título de campeão brasileiro de Rally Baja, na classe Production – para equipamentos originais de fábrica -, foi campeão do certame nacional monomarca Polaris Cup, e terceiro colocado no Rally dos Sertões, tanto na Geral quanto na classe Super Production.

“Foi um ano muito bom, ano de muito aprendizado. Meu primeiro Sertões e foi tudo perfeito, muito bom pra aprender. A Polaris Cup venci com uma etapa de antecedência, mas o Brasileiro foi no último segundo, muito competitivo. Agora retorno em 2016 junto com a Polaris One/Blindarte para ir atrás de mais conquistas”, avisa o rapaz de 19 anos de idade.

Campeão Brasileiro de Quadriciclos em 2014, Gabriel Varela (Can-Am/Blindarte) fez uma temporada de transição para os UTV correndo na disputadíssima classe Super Production. Mesmo assim, foi vice-campeão no Rally dos Sertões e terceiro colocado no Brasileiro de Rally Baja. Mas o que o filho do meio de Reinaldo mais festejou foi ter promovido a estreia de sua mãe, Nani Varela, como sua navegadora, possibilitando que 100% dos membros da Família da Poeira competissem juntos pela primeira vez no rali.

“Foi um ano legal, bem vitorioso para a Família da Poeira. E ainda na última etapa tive o privilégio de correr com a minha mãe, que foi o melhor de tudo que passamos. Espero que em 2016 possa ser ainda melhor para todos”, espera Gabriel.

“Um ano lindo, com todos correndo e se realizando, cada um do seu jeito. A minha estreia foi num rali com muita emoção, muito sol, poeira e no final chuva e lama. Tudo num dia só, uma experiência única ao lado do meu filho do meio”, comemorou a esposa de Reinaldo e mãe dos três filhos campeões no rally.

“Pela primeira vez andamos com a família inteira juntos. Parabéns para a minha esposa Nani, que estreou com o pior do rali, que é a chuva, e ainda pegou o frio do macacão molhado com o vento que entra no UTV”, apontou. “Foi um ano muito bom, com os títulos do Rodrigo e do Bruno, e o segundo lugar do Gabriel no Rally dos Sertões. Só espero que a família continue unida e com a harmonia que temos”, encerrou Reinaldo Varela.

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam