Guilherme Samaia busca título na divisão principal da F3 Brasil

Guilherme Samaia busca título na divisão principal da F3 Brasil

Guilherme Samaia busca título na divisão principal da F3 Brasil

Campeão da Light no ano passado, piloto de 19 anos inicia preparação para repetir a dose na classe principal da maior categoria de monopostos do país
[Samaia sobe para a categoria principal em 2016]
Atual campeão da F3 Brasil Light com oito vitórias em 16 corridas, o paulista Guilherme Samaia subiu um degrau em sua carreira e disputará neste ano a divisão principal da F3 Brasil, que tem início dia 10 de abril no Autódromo do Velopark, em Nova Santa Rita (RS). O piloto de 19 anos prosseguirá na equipe Cesário Fórmula, campeã do ano passado com Pedro Piquet, e começará na próxima semana os testes de pré-temporada no palco da abertura do campeonato. O objetivo de Samaia é ganhar experiência com o chassi Dallara F309 da categoria principal.

Após uma temporada vitoriosa em seu ano de estreia no automobilismo, Samaia prevê um campeonato bastante competitivo na divisão principal. “Estou muito animado para o início da F3 Brasil. Tirei alguns dias de folga para descansar e agora vamos começar os treinos para chegarmos bem preparados para a etapa de abertura da temporada”, explicou o piloto. “A equipe está trabalhando na montagem do carro, estou acompanhando todo o processo e não vejo a hora de acelerar no Velopark”, continuou.

Em dezembro, Samaia testou o carro no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, e destacou algumas características específicas do modelo. “É um carro que parece ser mais fácil de guiar do que o da F3 Light. Porém, como ele é mais moderno, tem alguns pontos diferentes. Ele tem mais pressão aerodinâmica, por exemplo, e acho que é mais difícil chegar ao limite do que o antecessor. Vamos treinar bastante, ganhar bagagem e buscar o título”, complementou.

Para o chefe da equipe Cesário Fórmula, Augusto Cesário, a experiência adquirida por Samaia com o carro da F3 Light será fundamental para uma adaptação mais tranquila ao novo chassi. “O Guilherme é um piloto muito talentoso e tem tudo para fazer uma temporada muito competitiva. Ele teve um ano ótimo em 2015, quando conquistou o título da Light, e acredito que não terá problemas para se acostumar com o novo carro. É um passo importante para quem pretende seguir carreira no automobilismo”, afirmou Cesário.

Calendário 2016:
1ª etapa – 10 de abril – Nova Santa Rita (RS)
2ª etapa – 5 de junho – Santa Cruz do Sul (RS)
3ª etapa – 17 de julho – Cascavel (PR)
4ª etapa – 11 de setembro – Interlagos (SP)
5ª etapa – 25 de setembro – Londrina (PR)
6ª etapa – 16 de outubro – Brasília (DF)*
7ª etapa – 6 de novembro – Goiânia (GO)
8ª etapa – 11 de dezembro – Interlagos (SP)
* A confirmar