I Mopar Interlagos MotClássicos foi sucesso

I Mopar Interlagos MotClássicos foi sucesso

O Dodge Royal de Natal Morrone e o Dodge Dart conversível de Cleber Bocchi liderando o desfile (Cláudio Larangeira)

Encontro na terceira etapa do Campeonato Paulista reuniu modelos

Chrysler, Dodges e Plymouths de sete décadas 

O I Mopar Interlagos MotClassicos inaugurou com sucesso o primeiro encontro de automóveis clássicos e de coleção promovido pelo site Motores Clássicos em colaboração com o portal Autoentusiastas. Idealizado como forma de levar a Interlagos diferentes culturas automobilísticas, o evento teve apoio a Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) e do Rally Motor Clube, promotor da terceira etapa do Campeonato Paulista de Automobilismo. Mais de 60 carros ficaram expostos em duas áreas próximas à curva do Laranjinha e percorreram em comboio o traçado do templo maior do automobilismo brasileiro e um dos principais circuitos do calendário da F-1.

20180407-I-Mopar-Verde-Amarelo-CLaran

Dois exemplares impecáveis: o Dart 1976 de Edgard Medeiros e o Chargetr R/T 1975 de Sérgio Lukosiunas (Cláudio Larangeira)

Cerca de 70 associados do Chrysler Clube do Brasil (CCB) compareceram a Interlagos no último sábado e cerca de 60 deles e seus convidados desfilaram com seus automóveis pouco antes da largada da prova da categoria Classic Cup. Entre as máquinas expostos estava o Dodge Custom Royal 1957 conversível de Natal Morrone, considerado o único exemplar desse modelo existente no Brasil; outro clássico em situação semelhante foi o também conversível Dodge Dart 1967 de Cleber e Marcelo Bocchi. Este vídeo de Eduardo Cardim dá uma boa idéia da dimensão do I Mopar Interlagos MotClássicos.

O Dodge Custom Royal 195 de Natal Morrone: acredita-se que seja o único no País (Cláudio Larangeira)

O Dodge Custom Royal 195 de Natal Morrone: acredita-se que seja o único no País (Cláudio Larangeira)

Fechando o pelotão estavam o Dodge Challenger Hellcat 2015 de Marcela de Oliveira, o Challenger SRT 2010 de Pedro Ramiro Alves e o Plymouth Road Runner 1972 de Marco Caccuri, diretor-financeiro do CCB. Segundo Caccuri os associados do CCB já pensam no próximo encontro:

“Do ponto de vista de nossos associados e da comunidade antigomobilista o I Mopar MotClássicos foi um sucesso. Todos os sócios participantes elogiaram e quem não foi ficou se lamentando. Já estamos pensando em um novo encontro do tipo.”

O Plymouth Road Runner 1972 de Marco Caccuri, visto desde o Dodge Hellcat de Marcela de Oliveira (Paulo Keller)

O Plymouth Road Runner 1972 de Marco Caccuri, e o Charger R/T 1968 de Sérgio Rodrigues vistos desde o Dodge Hellcat de Marcela de Oliveira (Paulo Keller)

Segundo Roberto Barranco, presidente do Rally Motor Clube, “a presença dos associados do Chrysler Clube do Brasil e suas máquinas maravilhosas deu um belo colorido ao sábado em Interlagos. Para José Aloizio Cardozo Bastos, presidente da FASP, “foi uma boa oportunidade para estreitar os laços com os antigomobilistas brasileiros”.