Kart – Gabriel Gomez começa o ano com vitória na Cadete

Kart – Gabriel Gomez começa o ano com vitória na Cadete

Piloto catarinense abriu a temporada com o pé direito, literalmente embaixo, para marcar com vitória sua estreia na equipe RR Racing

O veloz Kartódromo Aldeia da Serra foi palco, neste sábado 30/01, da etapa de abertura da Copa São Paulo Light de Kart, prestigioso certame regional paulista que marcou o inicio dos grandes certames oficiais da modalidade na temporada 2016.

Reservada aos jovens condutores com idade entre 8 e 11 anos e sempre um dos destaques na programação dos eventos da modalidade – por conta de sua extrema competitividade e isonomia entre os competidores, a categoria Cadete contou com 26 bólidos alinhados no grid. Entre eles o #78 do piloto Gabriel Gomez (RR Racing/ Dolly/ Kart Mini/ Planet Kart), que fazia seu debut em nova equipe, o renomado team paulista RR Racing.

Para quem (ainda) não sabe, a RR Racing é uma das maiores estruturas no mundo da velocidade, no panorama nacional, partindo da equipe de kart – que conta com a experiência do multicampeão Renato Russo – que vem revelando talentos e campeões, mas também com braços nos velozes V8 do Campeonato Brasileiro de Turismo e nos monopostos da F3, que dão a lapidação final para aqueles que buscam voos mais altos no automobilismo internacional. Uma verdadeira fábrica de campeões!

Todavia, quem vivencia o mundo da velocidade sabe “de-cor-e-salteado” que mudança de equipe exige um período de entrosamento entre o piloto e o staff técnico. É o conhecimento mutuo que vai se desvelando; a adaptação a novas formas de trabalho e a necessária confiança recíproca que vai se formando. E esse período de entrosamento, por óbvio, reflete-se nos resultados conquistados.

Resta claro que foi rapidíssimo o período para acontecer o perfeito entrosamento entre o piloto de Florianópolis e o staff técnico da equipe R.R. Racing. E isso ficou patente já nos treinos livres desta etapa de abertura do Light ante o ótimo set-up desenvolvido para o veloz Kart Mini #78, na constante troca de informações que se estabeleceu no decorrer dos treinos livres realizados na quarta, quinta e sexta-feira. O carro estava rápido e ajustado ao gosto do estilo de pilotagem de Gabriel Gomez, o que fazia prever a conquista de um bom posicionamento de largada, para as provas de sábado.

Mas o tempo, constantemente firme e seco, mudou radicalmente para o sábado de corridas. De surpresa, o dia amanheceu chuvoso, fazendo com que todo o trabalho de desenvolvimento dos ajustes no Kart Mini se tornasse comprometido.

Embora no momento da tomada de tempos classificatórios da categoria Cadete não mais estivesse chovendo, o asfalto permanecia escorregadio e rapidamente modificando suas condições de aderência, pela “secagem” que cada passagem dos pequenos bólidos fazia no traçado do circuito. Era, também, o momento em que a experiência e sensibilidade se tornavam a chave para a conquista de bons tempos de volta.

Embolado no compacto pelotão de competidores, Gabriel Gomez não conseguia fazer uma volta limpa. Uma volta em que pudesse apenas “caprichar” na pilotagem e garantisse uma boa posição de largada. Uma “flying lap”, como se diz no meio da velocidade.

O curto tempo de voltas cronometradas se escoava e, na penúltima volta da pratica, Gomez tirou o pé do acelerador, deixando todos irem embora. Estava sozinho, de cara para o vento, livre para caprichar na pilotagem, mas com a desvantagem de não poder contar com o habitual jogo de vácuo entre os competidores. Mas tinha apenas um volta para o fim da tomada de tempos classificatórios. Era tudo, ou nada.

E foi tudo!

Encerrada a pratica classificatória o #78 de Gabriel Gomez tinha “brotado” das posições intermediarias para o alto da tábua de tempos. O novo pupilo da RR Racing era o pole position, para largar na frente de 25 concorrentes na primeira das duas corridas da programação.

Prova da Cadete é, por essência, emoção da largada até na linha de chegada. E a primeira bateria da Cadete não foi diferente. Um compacto “pack” de cinco micromonopostos disputaram ferrenhamente a vitória. A troca de liderança e posições era uma constante e, óbvio, Gabriel Gomez frequentou cada um dos cinco postos cimeiros no decorrer da batalha.

Aberta e última volta e a renitente chuva, que permeou o dia de provas, apareceu. Gomez era o P5 e soube fazer valer sua experiência e habilidade ímpar para andar com pneus slick – para piso seco – na pista molhada. Superou os quatro karts dianteiros e cruzou a checkered flag na primeira posição, com direito a ultrapassar o então líder na penúltima curva do circuito. Vitória, em grande estilo, do representante da RR Racing, Dolly, Kart Mini e Planet Kart.

Por força do regulamento, a ordem de largada para a segunda manga é definida com a inversão do posicionamento dos cinco primeiro colocados na primeira corrida. Assim o quinto colocado torna-se o pole position e o vencedor, por conseguinte, o quinto colocado na grelha de partida. Vencedor da primeira corrida, Gomez teve de alinhar na P5 da segunda corrida.

Autorizada a partida e Gabriel largou bem, fechando a primeira passagem já na terceira colocação. Como na corrida anterior a troca de posições entre os líderes era a tônica. Gomez mantinha uma tocada impecável e demonstrava que estava pronto para bisar o resultado da primeira corrida.

A corrida chegava ao ocaso e a ultima volta de prova tinha inicio. Gabriel era o segundo colocado e, no “miolo” do circuito, assumiu a liderança da corrida. O vaticínio dava impressão que seria cumprido. Todavia, na última volta do circuito, a afoiteza de outro concorrente colocou tudo a perder, ao tomar a parte interna do circuito e, literalmente, empurrar o kart de Gomez para o portão de entrada dos boxes.

Em frações de segundo Gomez manobrou e conseguiu retomar o rumo da linha de chegada, porém com grande prejuízo, já que o pelotão ultrapassava, inexoravelmente, os desastrados.

Graças à presença de espírito para a consecução da manobra evasiva, Gabriel conseguiu divisar a bandeira a quadros na quarta colocação e auferir os pontos suficientes para um triplo empate na ponta da classificação final da etapa com João Victor Camargo e Pedro Braga. A regra para o desempate, elencada no regulamento em vigor define o posicionamento de chegada na primeira bateria como fator de preferência. Quem tiver melhor posição na primeira corrida leva o desempate e, claro, a melhor posição foi a de Gomez, que venceu aquela corrida.

Assim, quer ser pelo mérito de seu desempenho, quer ser pelo concurso da sorte, que sempre acompanha os campeões, a vitória na etapa ficou com Gabriel Gomez (RR Racing/ Dolly/ Kart Mini/ Planet Kart), que, também por isso, começa o campeonato como líder da categoria Cadete.

Confira os resultados completos da Cadete na primeira etapa da Copa São Paulo Light de Kart:

Cadete – Tomada de Tempo

1) 78- Gabriel Gomez (RR Racing/ Dolly/ Kart Mini/ Planet Kart), 51,269

2) 110-João Victor Camargo, 51,737, à 0,468

3) 170-Pedro Braga, 51,868, à 0,599

4) 80-Fabrício Fardim, 51,996, à 0,727

5) 10-João Alfredo Pinheiro Filho, 52,017, à 0,748

6) 117-Enrico Martins, 52,057, à 0,788

7) 181-Heitor Abitante, 52,104, à 0,835

8) 100-Enzo Bettanio, 52,142, à 0,873

9) 90-Bruno Possenti, 52,191, à 0,922

10) 2-Antonella Bassani, 52,221, à 0,952

11) 12-José Augusto, 52,354, à 1,085

12) 7-Guilherme Kinteiro, 52,408, à 1,139

13) 76-Gabriel Paiva, 52,556, à 1,287

14) 25-Henrique Magioni, 52,597, à 1,328

15) 111-Heitor Farias, 52,622, à 1,353

16) 165-Lucas Mendes, 52,701, à 1,432

17) 23-Daniel Murakami, 52,746, à 1,477

18) 46-Humberto Tarozzo, 53,115, à 1,846

19) 4-Victor Barki, 53,283, à 2,014

20) 17-Luiz Eduardo Rodrigues, 53,425, à 2,156

21) 101-Gustavo Figueiroa, 53,471, à 2,202

22) 011-Lucas Staico, 53,551, à 2,282

23) 98-Enzo Bedani, 54,017, à 2,748

24) 115-Pedro Campanelli, 54,543, à 3,274

25) 16-Mateus Arenzon, 54,822, à 3,553

26) 118-Akyu Myasava, 54,832, à 3,563

Cadete – 1ª Prova

1) 78- Gabriel Gomez (RR Racing/ Dolly/ Kart Mini/ Planet Kart), com 12 voltas em 10:12,540

2) 110-João Victor Camargo (Cadete), à 0,173

3) 25-Henrique Magioni (Cadete), à 0,768

4) 170-Pedro Braga (Cadete), à 0,861

5) 90-Bruno Possenti (Cadete), à 1,646

6) 10-João Alfredo Pinheiro Filho (Cadete), à 1,824

7) 12-José Augusto (Cadete), à 1,919

8) 80-Fabrício Fardim (Cadete), à 2,043

9) 117-Enrico Martins (Cadete), à 2,117

10) 7-Guilherme Kinteiro (Cadete), à 7,739

11) 165-Lucas Mendes (Cadete), à 7,930

12) 18-Heitor Abitante (Cadete), à 10,092

13) 115-Pedro Capparelli (Cadete), à 10,443

14) 2-Antonella Bassani (Cadete), à 10,832

15) 17-Luiz Eduardo Rodrigues (Cadete), à 14,484

16) 46-Humberto Tarozzo (Cadete), à 17,396

17) 111-Heitor Farias (Cadete), à 19,887

18) 23-Daniel Murakami (Cadete), à 25,050

19) 87-Wagner Bezerra (Cadete), à 26,703

20) 101-Gustavo Figueiroa (Cadete), à 26,890

21) 16-Mateus Arenzon (Cadete), à 39,080

22) 118-A. Myasava (Cadete), à 45,529

23) 98-Enzo Bedani (Cadete), à 52,982

24) 011-Lucas Staico (Cadete), à 1 volta

25) 100-Enzo Bettanio (Cadete), à 8 voltas

26) 4-Victor Barki (Cadete), à 8 voltas

Melhor volta: José Augusto (12), 49,664 (média 84,809 km/h), 8ª volta

Announcements: #10 advertido por atitude antidesportiva

Cadete – 2ª Prova

1) 170-Pedro Braga (Cadete), (11 voltas) 9:23,389

2) 110-João Victor Camargo (Cadete), à 0,490

3) 12-José Augusto (Cadete), à 0,743

4) 78- Gabriel Gomez (R.R Racing/ Dolly/ Kart Mini/ Planet Kart), à 0,831

5) 117-Enrico Martins (Cadete), à 3,338

6) 90-Bruno Possenti (Cadete), à 5,698

7) 011-Lucas Staico (Cadete), à 6,138

8) 80-Fabrício Fardim (Cadete), à 6,337

9) 2-Antonella Bassani (Cadete), à 6,595

10) 25-Henrique Magioni (Cadete), à 6,715

11) 23-Daniel Murakami (Cadete), à 6,786

12) 165-Lucas Mendes (Cadete), à 7,178

13) 18-Heitor Abitante (Cadete), à 14,966

14) 98-Enzo Bedani (Cadete), à 15,117

15) 111-Heitor Farias (Cadete Rookie), à 15,324

16) 46-Humberto Tarozzo (Cadete), à 16,582

17) 115-Pedro Capparelli (Cadete), à 18,934

18) 101-Gustavo Figueiroa (Cadete), à 19,160

19) 87-Wagner Bezerra (Cadete), à 27,663

20) 16-Mateus Arenzon (Cadete Rookie), à 29,019

21) 118-A. Myasava (Cadete Rookie), à 29,299

22) 100-Enzo Bettanio (Cadete), à 43,073

23) 10-João Alfredo Pinheiro Filho (Cadete), à 1 volta

24) 7-Guilherme Quinteiro (Cadete), à 4 voltas

Melhor volta: João Alfredo Pinheiro Filho (10), 49,748 (média 84,666 km/h), 5ª volta

Pontuação final da etapa:

1.- #78 Gabriel Gomez, 18 pontos

2.- #110 João Victor Camargo, 18

3.- #170 Pedro Braga, 18

4.- #12 José Augusto, 12

5.- #90 Bruno Possenti, 11

6.- #25 Henrique Magioni, 9

7.- #117 Enrico Martins, 8

8.- #80 Fabrício Fardim, 6

9.- #10 João Alfredo Pinheiro Filho, 5

10.- #11 Lucas Staico, 4

11.- #2 Antonella Bassani, 2

12.- #7 Guilherme Kinteiro, 1

13.- #23 Daniel Murakami, 0

14.- #165 Lucas Mendes, 0

15.- #18 Heitor Abitante, 0

16.- #98 Enzo Bedani, 0

17.- #111 Heitor Farias, 0

18.- #17 Luiz Eduardo Rodrigues, 0

19.- #46 Humberto Tarozzo, 0

20.- #115 Pedro Capparelli, 0

21.- #101 Gustavo Figueiroa, 0

22.- #87 Wagner Bezerra, 0

23.- #16 Mateus Arenzon, 0

24.- #118 Akyu Myasava, 0

25.- #100 Enzo Bettanio, 0

26.- #4 Victor Barki, 0

27.- #76 Gabriel Paiva, 0

PlanetKart Marketing Esportivo
Texto: Cláudio Reis
Foto: Cris Reis
Contatos:
55 (13) 3353-0670
55 (11) 98124-5985