Quarto pódio de 2015 deixa David Muffato empatado com o pai na tabela da F-Truck

Quarto pódio de 2015 deixa David Muffato empatado com o pai na tabela da F-Truck

Pilotos da Muffatão Racing dividem oitavo lugar na tabela. Pedro Muffato foi o único a pontuar 20 vezes na temporada de 2015

Depois de dez etapas, Pedro e David Muffato, pai e filho que disputaram a temporada de 2015 como companheiros de equipe na Muffatão, empataram na tabela final de classificação do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Os dois chegaram aos 193 pontos com seus resultados na décima e última etapa, disputada neste domingo (6) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina – David foi quinto colocado; Pedro terminou em oitavo.

O quinto lugar levou David ao pódio pela quarta vez na temporada. “Eu me adaptei bem à categoria neste ano, que foi o meu primeiro com a equipe, e a equipe está de parabéns, fez um ótimo trabalho”, atribuiu o piloto. “No final da temporada nossos resultados melhoraram bem, foi ótimo para uma equipe sem apoio oficial de fábrica. Vamos estar fortes em 2016”, disse o piloto, que tem apoio dos Refrigerantes Schin e de Muffatão Atacado Distribuidor.

O regulamento implantado em 2015 na F-Truck, que atribui pontos duas vezes por corrida aos 20 primeiros colocados, possibilitava aos pilotos pontuar 20 vezes no campeonato. Pedro Muffato foi o único a marcar pontos 20 vezes. Na etapa de Londrina ele ficou em 12º na primeira fase e terminou a corrida em oitavo. “Foi a melhor corrida da temporada para mim. Consegui me divertir, não tive uma volta de folga”, resumiu, satisfeito.

O piloto mais experiente em atividade no automobilismo brasileiro viu a etapa final da temporada como a mais positiva de 2015. “Foi a melhor do ano, tanto para mim quanto para a equipe, muito melhor do que eu esperava. Fiz várias ultrapassagens numa pista onde ultrapassar é difícil”, descreveu o piloto, que tem no Scania número 20 as cores de DisNorte, Stara, Italy Alimentos, Açucareira Energy, Coopavel, Doce Sucar e Muffatão Atacado Distribuidor.

FÓRMULA TRUCK – RESULTADO DO GP LONDRINA

(Classificação das duas fases da corrida deste domingo)

Primeira parte, 12 voltas

1º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 27min04s7996

2º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 9s0510

3º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 10s2460

4º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 11s4108

5º) David Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 14s4749

6º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 20s4272

7º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 29s0195

8º) André Marques (SP/MAN), RM Competições, a 29s5686

9º) Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 32s09074

10º) Roberval Andrade (SP/Scania), Corinthians Motorsport, a 40s1218

11º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 48s0593

12º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 55s8678

13º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, a 56s6511

14º) Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições/Clay Truck Racing, a 57s6170

15º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, a 58s7570

16º) Rogério Castro (GO/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 1min16s2829

17º) Alex Fabiano (SP/Volvo), Clay Truck Racing, a 1min32s1232

18º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 1min45s3680

19º) Fabiano Brito (PR/Scania), Max Power Racing Team, a 2 voltas

Melhor volta: D. Muffato, na 12ª, 1min45s6423, média de 107,172 km/h

Segunda parte, 12 voltas

1º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, 25min04s6144

2º) Leandro Totti (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 3s9048

3º) Felipe Giaffone (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 5s3266

4º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), Copacol Racing Truck, a 9s8974

5º) David Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 11s0793

6º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF/Mercedes-Benz, a 12s0182

7º) Débora Rodrigues (PR/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 12s5875

8º) Pedro Muffato (PR/Scania), Muffatão, a 13s1568

9º) Jaidson Zini (PR/Iveco), Dakarmotors, a 15s6145

10º) Roberval Andrade (SP/Scania), Corinthians Motorsport, a 16s1961

11º) Raijan Mascarello (MT/Ford), DF Racing Fans, a 19s3303

12º) Rogério Castro (GO/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, a 20s0751

13º) Régis Boessio (RS/Volvo), Boessio Competições/Clay Truck Racing, a 22s7755

14º) Adalberto Jardim (SP/Volkswagen-MAN), RM Competições, a 2 voltas

15º) André Marques (SP/MAN), RM Competições, a 2 voltas

NÃO COMPLETARAM

Djalma Fogaça (SP/Ford), DF Racing Fans, a 4 voltas

Alex Fabiano (SP/Volvo), Clay Truck Racing, a 6 voltas

Fabiano Brito (PR/Scania), Max Power Racing Team, a 10 voltas

Beto Monteiro (PE/Iveco), Lucar Motorsports, a 12 voltas

Melhor volta: Giaffone, na 9ª, 1min39s7485, média de 113,505 km/h

CLASSIFICAÇÃO

A classificação final da temporada da F-Truck foi: 1º) Totti, 369 pontos; 2º) Salustiano, 367; 3º) Giaffone, 360; 4º) Pachenki, 275; 5º) Fogaça, 269; 6º) Marques, 268; 7º) Cirino, 243; 8º) D. Muffato e P. Muffato, 193; 10º) Zini, 179; 11º) Mascarello, 178; 12º) Rodrigues, 164; 13º) Monteiro, 162; 14º) Andrade, 132; 15º) Jardim, 129; 16º) Fabiano, 125; 17º) Boessio, 108; 18º) Magnabosco, 84; 19º) Lopes, 75; 20º) Castro, 59; 21º) Correa, 24; 22º) Brito, 9.