Seletiva de Kart Petrobras: Decisão começa com chuva e muito equilíbrio na Granja Viana

Seletiva de Kart Petrobras: Decisão começa com chuva e muito equilíbrio na Granja Viana

Paulista Vinícius Papareli é o melhor no primeiro dia da final, com apenas um ponto de vantagem para o gaúcho Bruno Bertoncello. Gaetano di Mauro é o melhor entre os estreantes. Vencedores serão conhecidos nesta quarta-feira em dia especial, com presença de atletas olímpicos do Time Petrobras

A decisão da 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras teve início nesta terça-feira, dia 3, com um ingrediente a mais na disputa: a instabilidade do tempo. A garoa marcou presença durante a maior parte do dia no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP), que conhecerá nesta quarta-feira, 4, os campões de 2015.

Em 17 anos de história, nunca uma final do evento começou com chuva, o que aumentou a tensão e ansiedade dos pilotos. O primeiro dia de disputas contou com três tomadas de tempos e a primeira bateria eliminatória. No final, o paulista Vinícius Papareli, atual vice-campeão da Seletiva de Kart Petrobras, levou a melhor, somando 21 pontos, contra 20 do gaúcho Bruno Bertoncello e 18 do paulista Gaetano di Mauro. O goiano João Rosate e o carioca Zayia Fontana vêm na sequência, com 17 pontos cada. E a briga segue aberta para a decisão nesta quarta-feira.

“Tivemos um começo de final de Seletiva bem diferente este ano. Em 17 edições, é a primeira vez que iniciamos a disputa com chuva. Isso trouxe uma expectativa diferente, deixou todo mundo ainda mais ansioso para saber se usava pneus de chuva ou seco. Tivemos de esperar um pouco, a chuva diminuiu, deixou a condição de pista intermediária e optamos por pneus slicks. Além disso, mudamos um pouco o formato para que o confronto, nestas condições de pista, pudesse ser o mais justo possível, sem prejudicar ninguém, e tudo isso enalteceu ainda mais o talento dos pilotos”, analisou Binho Carcasci, organizador da Seletiva de Kart Petrobras.

Na primeira tomada de tempos desta terça-feira, os pilotos foram divididos em seis grupos de dois, por sorteio. Em virtude da pista úmida, ao invés de dividir o mesmo kart no confronto direto, os pilotos foram para a pista com equipamentos diferentes, mas no mesmo momento, para não acontecer de alguém se beneficiar por uma melhora ou piora das condições climáticas. Foram cinco minutos de treino e valeu a melhor volta (seis pontos para o vencedor do confronto e três para o perdedor).

Na segunda tomada, o formato da sessão também foi modificado para minimizar o impacto da pista úmida. Ao invés do confronto direto entre os 12, os pilotos foram divididos em grupos de quatro, para ver quem fazia o melhor tempo (valendo uma única volta lançada). O vencedor somou seis pontos, o segundo três, o terceiro um e o último não pontuou.

A última tomada teve seis voltas cronometradas, valendo o tempo total. Novamente os pilotos foram divididos em grupos, mas desta vez usando o mesmo equipamento nos confrontos diretos, já que a pista estava praticamente seca.

A fase das tomadas de tempos terminou com Papareli em primeiro, seguido por di Mauro e Bertoncello. Com as tomadas finalizadas, os pilotos participaram da primeira eliminatória, em grupos de quatro, valendo cinco pontos para o vencedor, três para o segundo, dois para o terceiro e um para o quarto.

Zayia Fontana venceu a disputa do Grupo 1, seguido por Papareli, João Vieira e Sérgio Crispim. No Grupo 2, vitória de Bertoncello seguido por Luiz Matheus, Gabriel Silva e Luiz Branquinho. E na disputa do último grupo o goiano João Rosate levou a melhor, com di Mauro em segundo, Gabriel Sereia em terceiro e Murilo della Coletta em quarto.

A programação desta quarta-feira começa às 10 horas, com a repescagem entre Coletta, Crispim e Branquinho. Um deles segue na competição, que terá a segunda eliminatória e as duas baterias finais na sequência.

“Foi um dia muito bom e estamos saindo na liderança, com um ponto de vantagem. Consegui liderar todas as tomadas, só na corrida que eu cometi um erro na largada, mas isso não vai se repetir. Conhecer o formato da final ajuda muito e já sei o que é melhor pra amanhã. Vamos esperar as corridas e ver o que vai acontecer”, comentou Papareli, de 17 anos.

Disputando sua terceira final de Seletiva, Bertoncello também vê a experiência como uma vantagem. “Consegui ganhar três dos quatro confrontos do dia e saio com a vice-liderança, a um ponto do líder. Amanhã, vou vir com tudo pra levar o prêmio pra casa. Estar na minha terceira final ajuda por conhecer o kart e também psicologicamente, porque é um formato bem diferente de disputa. Tenho certeza de que por ser a terceira vez, me dá um aprendizado a mais”, afirmou o piloto também de 17 anos.

Melhor estreante do dia, di Mauro também deixou a pista satisfeito. “Estou feliz, ainda estou na briga e vamos tentar buscar o título amanhã”, frisou o piloto, de 18 anos, que é um dos candidatos ao título do Troféu Lubrax, que dará 5 mil reais ao melhor estreante no evento. Dos doze finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2015, apenas três já disputaram uma final em edições passadas (Papareli, Fontana e Bertoncello). Os outros nove são estreantes.

Três pilotos serão premiados nesta quarta-feira. O campeão receberá o prêmio de 64 mil reais e, ao lado de outros dois vencedores, também participará de um programa de orientação, que inclui teste com simulador de F-1 na Europa, treino com uma equipe de F-Renault Europeia, participação no Mitsubishi Racing Experience no Brasil com Ingo Hoffmann, entre outras ações.

Decisão e Time Olímpico são atrações nesta quarta
A programação nesta quarta-feira segue com as baterias finais e também ações especiais. Onze atletas do Time Petrobras estarão no kartódromo da Granja Viana e alguns deles participarão de uma corrida especial de kart com pilotos da Stock Car, GP2, F-3, ex-campeões da Seletiva de Kart Petrobras, entre outros.

Entre os convidados estão Flávia Figueiredo (boxe), Karina Lakerbai (esgrima), Yane Marques (pentatlo moderno), Larissa e Talita (vôlei de praia), Gabriel Moraes (remo), Mayra Aguiar (judô), Serginho (vôlei), Marcus Vinícius D´Almeida (tiro com arco) e Ângelo Assumpção (ginástica artística). O atleta paralímpico Daniel Dias (natação) também está confirmado.

Para acelerar com estas estrelas, a organização da Seletiva de Kart Petrobras convidou outras feras das pistas: Max Wilson (campeão da Stock Car), Ricardo Maurício (bicampeão da Stock Car), Lucas Foresti (Stock Car), Tuka Rocha (Stock Car), Guilherme Salas (Copa Petrobras de Marcas), João Vieira (campeão da Seletiva em 2012), Pietro Rimbano (campeão da Seletiva em 2014), André Negrão (GP2), Giuliano Raucci (F-4 Italiana) e Matheus Iorio (Fórmula 3 Brasil).

Pontuação, após o primeiro dia da final da 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras
1) Vinícius Papareli — 21 pontos
2) Bruno Bertoncello — 20 pontos
3) Gaetano di Mauro — 18 pontos
4) João Vitor Rosate e Zaiya Fontana — 17 pontos
6) Gabriel Sereia — 15 pontos
7) Luiz Branquinho e Sérgio Crispim — 13 pontos
9) Gabriel Silva — 11 pontos
10) Luiz Matheus — 10 pontos
11) Juan Vieira — 9 pontos
12) Murilo della Coletta — 7 pontos

Confira todos os resultados no site: http://www.caradec.com.br/site/eventos2tab.asp?cmp=168&etp=530

Veja a programação para a final:

Quarta-feira, dia 4 de novembro
8:30 – Apresentação dos pilotos no kartódromo
8:45 – Briefing
9:00 – Warm Up
10:00 – Início das corridas
12:00 – Prova para atletas Petrobras
12:50 – Prova para jornalistas
13:30 – Reinício das corridas
17:00 – Pódio

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a Seletiva foi composta por quatro etapas classificatórias em 2015, realizadas dentro dos principais campeonatos regionais do país. Doze pilotos foram selecionados para a grande final, onde competirão em condições de igualdade. Participam do torneio kartistas entre 15 e 18 anos. Desde 2012, ex-campeões não podem defender seus títulos. Em média, aproximadamente 110 pilotos tentam a vaga na final da Seletiva por ano e, em 16 anos, quase 200 já estiveram disputando a final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contemplará três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coach, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training. A premiação total – somando todas as ações – chega a 250 mil reais. O campeão receberá 64 mil reais em dinheiro.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

Mais informações: www.seletivadekartpetrobras.com.br

Informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
Tel. 11 4116.5509
fernanda@fgcom.com.br /beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br