Seletiva de Kart Petrobras e Mitsubishi Racing Experience trazem experiência única para kartistas

Seletiva de Kart Petrobras e Mitsubishi Racing Experience trazem experiência única para kartistas

Com instrução de Ingo Hoffmann, um dos maiores pilotos do país, os jovens Vinícius Papareli, Gaetano di Mauro e Bruno Bertoncello aceleram os velozes Lancer R no autódromo Velo Città

Estar aberto a novas experiências e aprendizado é fundamental para ter sucesso seja na pista ou fora delas. Para os pilotos vencedores da Seletiva de Kart Petrobras 2015 a participação no Mitsubishi Racing Experience ao lado dos pilotos e instrutores Ingo Hoffmann, Duda Pamplona e Eric Darwich, nesta segunda-feira (dia 16), no circuito Velo Città, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo, ficará marcada como um dia inesquecível, com novos conhecimentos e possibilidades.

Os kartistas Vinícius Papareli, Gaetano di Mauro e Bruno Bertoncello, campeão, vice e terceiro colocado na 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras, ouviram a palestra do 12 vezes campeão da Stock Car e ex-piloto da F-1, Ingo Hoffmann, receberam orientações, dicas e aceleraram os velozes Lancer R, com 306 cavalos de potência durante todo o dia.

A ação em parceria com a Mitsubishi Motors do Brasil faz parte do programa de orientação que a Seletiva de Kart Petrobras oferece aos vencedores e que inclui outras atividades, como treino em simulador de F-1, teste com uma equipe da Fórmula Renault Europeia, treinamento físico e mental, entre outros.

Participando pelo segundo ano do programa, Hoffmann elogiou a postura e evolução dos jovens kartistas em uma experiência nova em suas vidas. “É interessante poder passar tantos e tantos anos de experiência para essa molecada que está começando e é muito gratificante ver como eles absorvem, como eles prestam atenção. A gente percebe que eles estão começando, com aquela empolgação, com aquele ânimo todo, mas com os ouvidos abertos para aprender”, declarou o multicampeão.

“É muito bom ver a melhora que eles vão tendo na pista, porque a gente tem como base que eles nunca pilotaram um carro de turismo, que é o nosso caso aqui, que são os Lancer R, que são carros rápidos e eles assimilaram muito bem. Os três foram muito bem. Se eles fossem correr aqui na categoria R, estariam disputando o primeiro lugar fácil”, destacou Hoffmann referindo-se ao campeonato Lancer Cup.

Binho Carcasci, organizador da Seletiva de Kart Petrobras nestes 17 anos, explicou o objetivo de incluir na premiação uma experiência com um carro de turismo, para pilotos que ainda estão no kart e visam – em sua maioria – seguirem nos monopostos.

“Tivemos a primeira ação técnica da premiação de 2015 para os vencedores da Seletiva de Kart Petrobras. Apresentamos uma experiência com carro de turismo com o maior profissional do automobilismo brasileiro, que é o Ingo Hoffmann. Nossa ideia era ele passar parte da experiência que ele teve como piloto e ao mesmo tempo dar a chance dos pilotos vivenciarem uma experiência nova, com um carro que eles provavelmente não andariam nesta fase da carreira, mas para que eles entendam que eles têm de estar abertos a novas possibilidades, estarem prontos para se adaptar rapidamente a novas situações e que o automobilismo é muito mais amplo que aquilo que eles podem imaginar. Que eles saibam aproveitar daqui pra frente cada chance que eles tiverem, para poderem avançar na carreira da melhor maneira possível”, explicou Carcasci.

A excelente aceitação da experiência pode ser medida pelo interesse e dedicação dos pilotos na pista. Com 18 anos, o paulista Di Mauro afirmou que a participação no Mitsubishi Racing Experience será inesquecível. “Foi um dia incrível. Aprendi bastante com o Ingo, com o Duda e todos que trabalham aqui. Eles passaram bastante experiência, técnicas de pista e isso vai ajudar bastante minha carreira. O carro é muito bom de guiar. Faz bastante curva, freia bem, tem um motor legal, sem falar na pista, que é ótima. Tudo o que o Ingo falou foi muito importante e eu vou levar comigo, a minha carreira inteira”, declarou o vice-campeão da Seletiva de Kart Petrobras 2015.

O campeão Papareli também deixou a pista feliz com a novidade, já que nunca havia pilotado um carro de turismo. “Foi sensacional ter essa experiência com um outro tipo de carro e ter de se adaptar a algo novo. O Ingo ensinou muita coisa, adquiri novos conhecimentos que vou levar sempre comigo. A pista também é sensacional e a estrutura de todo o autódromo é muito boa”, afirmou o kartista de 17 anos.

O gaúcho Bertoncello disse que sonha um dia chegar à Fórmula 1 e não abre mão de lutar para um dia estar lá, mas destacou que a experiência com um carro de turismo abre novas possiblidades. “Foi um dia muito bom, uma experiência nova, que vai contar muito pra minha carreira, para o meu currículo. Consegui tirar muitas coisas boas dos ensinamentos do Ingo. Cada vez que eu saí pra pista eu melhorei com os toques dele, então são coisas que somaram, que valeram muito a pena. Estou muito feliz. O automobilismo é um esporte difícil, que envolve o piloto e patrocinadores. Meu foco ainda é a Fórmula 1, mas essa nova experiência no turismo mostra uma outra possibilidade. Gostei muito do carro e tudo é ensinamento. Saio daqui tendo aprendido algo novo, que só me faz crescer”, destacou o gaúcho de 17 anos, terceiro na Seletiva 2015.

As ações continuarão ainda este mês com o treino físico e mental com Nuno Cobra Jr. E, em dezembro, os vencedores seguem para a Europa para os testes no simulador de F-1 e treinos com a equipe Koiranen GP de Fórmula Renault Europeia.

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a Seletiva foi composta por quatro etapas classificatórias em 2015, realizadas dentro dos principais campeonatos regionais do país. Doze pilotos foram selecionados para a grande final, onde competiram em condições de igualdade. Participam do torneio kartistas entre 15 e 18 anos. Desde 2012, ex-campeões não podem defender seus títulos. Em média, aproximadamente 110 pilotos tentam a vaga na final da Seletiva por ano e, em 17 anos, mais de 200 já estiveram disputando a final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contempla três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coach, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training. A premiação total – somando todas as ações – chega a 250 mil reais. O campeão recebeu 64 mil reais em dinheiro.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

Mais informações: www.seletivadekartpetrobras.com.br

Informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
Tel. 11 4116.5509
fernanda@fgcom.com.br /beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br