Um curso para ninguém botar defeito

Um curso para ninguém botar defeito

20190307-NOTA-MIA-CUrso-Abre

Divila, Toet e Knapton ensinam segredos em curso na Inglaterra

O brasileiro Ricardo Divila, o holandês Willem Toet e o inglês James Knapton são nomes que dispensam apresentações para quem conhece um mínimo de “quem-é-quem” na indústria do automobilismo de competição. Engenheiros renomados e reputados entre os melhores do mundo, eles serão tutores do próximo curso promovido pela MIA School of Race Engineering, uma escola bancada pela Motorsport Industry Association (MIA, sigla em inglês para Associação da Indústria do Esporte a Motor), entidade dedicada a formar mão de obra especializada de nível avançado.

Divila, (E), Knapton e Toet são os tutores do curso da Motorsport Industry Association (MIA)

Divila, (E), Knapton e Toet são os tutores do curso da Motorsport Industry Association (MIA)

O programa de aulas de Ricardo Divila será focado em engenharia de competição, pneus e estratégia, assuntos que ele domina após 31 participações nas 24 Horas de Le Mans e em outras 2.569 competições, incluindo 286 GPs de F-1. James Knapton trabalha atualmente na Red Bull e está envolvido no projeto do supercarro Valkyrie, criação de Adrian Newey. Willem Toet nasceu na Holanda mas formou-se na Austrália e ganhou notoriedade internacional por conceitos que lançou em diversos carros de F-1. Em comum Divila, Knapton e Toet têm em comum a generosidade em compartir conhecimento e apreciar um bom papo com quem gosta, e leva a sério, a engenharia aplicada ao automobilismo esportivo.

Um grande atrativo do curso é o fato que as aulas serão ministradas na sede da equipe Racing Point, em Silverstone, time que nasceu Jordan e que nas últimas temporadas participou da F-1 como Force India. O simulador de F-1 da Universidade de Cranfield também será usado no programa de aulas que engloba aerodinâmica, desempenho de freios, análise de dados, atribuições de um engenheiro de competição e dinâmica veicular, entre outros tópicos. Conhecimento da língua inglesa é fundamental para participar das aulas; mais informações podem ser obtidas neste site. O curso acontece em dois fins de semana de abril (6/7 e 13/14) e pode ser feito feito em sua totalidade ou em módulos.