FASP e SPTuris debatem calendário 2018

DestaquesNotíciasFASP e SPTuris debatem calendário 2018
FASP e SPTuris debatem calendário 2018

FASP e SPTuris debatem calendário 2018

Representantes de categorias paulistas participaram da reunião

A demora na definição das datas reservadas para o calendário regional de esportes a motor levou a diretoria da Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP), a solicitar uma reunião com a administração do Autódromo de Interlagos. No encontro realizado ontem (quinta, 8) José Aloizio Cardozo Bastos e Almyr Abreu Vidal Junior, respectivamente presidente e o diretor financeiro da entidade, foram recebidos por Guilherme Birello, gerente técnico desportivo da SPTuris e responsável pela gestão diária do circuito. Representantes das categorias F-1600 (Eduardo Dias), F-Inter (Elaine Dias), F-Vee (Flávio Menezes), Marcas & Pilotos (Erika Piedade), Classic (Humberto Guerra), Força Livre (Neldir Amaral) Fusca Cup (Stanley Wessler), Old Stock (Grego Lemonias e Paulo Solaris) e o presidente do Conselho Técnico Desportivo Paulista (Marcus Ramaciotti), também participaram do encontro.

De acordo com Guilherme Birello há uma demanda de datas superior ao número disponível no calendário da pista, que reserva 45 dias para o Grande Prêmio do Brasil de F-1 (tempo sensivelmente maior do que acontece nos demais circuitos permanentes no calendário da categoria) e um mês para manutenção da pista:

“O automobilismo regional contribui significativamente para o orçamento anual do autódromo e ajuda a garantir que tenhamos um balanço positivo. Quanto às reservas e distribuição de datas existem  questões que somos obrigados a seguir por questões contratuais.”

Com relação às demandas de datas o executivo lembrou que pelas regras em vigor a cessão de uso privilegia os eventos internacionais e nacionais, daí a necessidade de impor regras para formar o calendário regional”.

Segundo Cardozo Bastos é notável que Birello tem um problema em suas mãos:

“As normas estipuladas pela SPTuris criam uma situação onde o histórico, a estrutura técnico-desportiva das federações e promotores e seus respectivos padrões de qualidade não são levados em conta. Ainda assim, a prática do diálogo e troca de ideias e a receptividade por parte do administrador de Interlagos nos deixam otimistas para que possamos garantir em 2018 um calendário paulista digno da tradição da FASP, cujas origens datam de 1966.”

  

faspnet

 - 

Posts relacionados

CNK divulga regulamentos do Brasileiro e Copa Brasil

Competições acontecem em São Paulo (Granja Viana) e Minas Gerais (Vespasiano) A Comissão Nacional de Kart – CNK, órgão da CBA que rege o kartismo nacional, divulgou nesta sexta-feira (16) os regulamentos do Campeonato Brasileiro e da Copa Brasil de Kart. As duas competições, que levam o status de as mais importantes do kartismo nacional, […]

Veja mais
Collet, o dia de glória chegou

Brasilieiro derrota 15 jovens e ganha bolsa para o campeonato francês de F-4 Os mais veteranos lembram dos pequenos ovais brancos que decoravam o capacete de Jacques Laffite, outros mais novos certamente já ouviram falar do mesmo assunto ao pesquisar a carreira de Alain Prost e Damon Hill. Agora chegou a vez do brasileiro Caio […]

Veja mais

Deixe seus comentários

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com **

+ 22 = 25

Onde Estamos