Endurance BR: vitória apertada do AJR

Endurance BR: vitória apertada do AJR

20190403-EnduranceBR-CWB-Chegada-BT

Após 4 horas de prova Kray/Marques/Orige derrotam Família Negrão por 0,3”

Campeonato que ganha adeptos e novos modelos a cada largada, a primeira etapa do Endurance Brasil 2019 teve final sensacional após quatro horas de prova: o protótipo AJR do trio Carlos Kray/Tarso Marques/Vicente Orige recebeu a bandeirada de chegada com apenas 3/10 de segundo de vantagem sobre o Mercedes AMG GT3 da dupla Xandy Negrão/Xandinho Negrão. A corrida teve grid de 33 carros e durante as 153 voltas completadas o Safety-Car foi acionado nada menos de oito vezes, o que ilustra o ritmo imposto pelos participantes.

O paranaense David Muffato foi o primeiro líder da competição disputada sob forte calor; no decorrer da segunda volta da prova o 458 da dupla Peter Ferter/Ricardo Mendes saiu da pista e ocasionou a primeira intervenção do Safety Car, que conduziu o pelotão em ritmo moderado até a nona passagem. Com meia hora de prova outra Ferrari, a inédita 488 de Chico Longo e Daniel Serra, chocou-se com o Mercedes AMG GT3 de Guilherme Figueiroa e Júlio Campos, que ficou fora de combate.

Após a última rodada de reabastecimento e iniciada a derradeira fase da prova, Xandinho Negrão assumiu a liderança, seguido por Orige. Pouco a pouco o protótipo AJR Chevrolet #88 foi se aproximando do belo GT alemão e com 3h15 minutos de competição recuperou a ponta. Há indícios de que erros de cálculo no último reabastecimento, ou no consumo na fase final da prova, possam ter forçado Vicente Orige a aumentar seus tempos por volta em torno de quatro segundos, o que possibilitou a aproximação do rival e quase a derrota para o carro dos Negrão.

Resultado final da 4 Horas de Curitiba:

1º) Vicente Orige/Carlos Kray/Tarso Marques, AJR #88, 153 voltas em 4h00’16”163

2º) Xandy Negrão/Xandinho Negrão, Mercedes AMG GT3 #09, a 0”378

3º) Pedro Queirolo/David Muffato, AJR #113, a 27”491

4º) Marcel Visconde e Ricardo Maurício, Porsche 911 GT3 R #55, a 58”873

5º) Nilson Ribeiro/José Ribeiro, AJR #65, 150 voltas

6º) Chico Longo/Daniel Serra, Ferrari 488 #19, 146 voltas

7º) Alexandre Auler/Leandro Romera, Mercedes AMG GT4 #03, 145 voltas

8º) Wagner Ebrahim/Fábio Ebrahim/Pedro Aguiar, Ginetta G57 #20, 144 voltas

9º) Sérgio Ribas/ Guilherme Ribas, Aston Martin #63, 143 voltas

10º) Esio Vichiesi/Renan Guerra/Kreis Jr.,Ginetta #16, 142 voltas

(Endurance Brasil/Bruno Terena)

(Endurance Brasil/Bruno Terena)

Vencedores por categoria

P1-Vicente Orige/Carlos Kray/Thiago Marques (AJR #88)

P3– Gustavo Simon/Rafael Simon (MRX #56)

P4– Ricardo Haag/Mario Marcondes (MRX #34)

GT3– Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Mercedes AMG GT3 #09)

GT3 Light– Sérgio Ribas/Guilherme Ribas (Aston Martin #63)

GT4– Alexandre Auler/Leandro Romera (AMG GT4 #03)

GT4 Light– Arthur Caleffi/ Ian Ely (Mercedes CLA AMG #21)