Endurance BR: vitória de Serra e Longo (Lamborghini)

Endurance BR: vitória de Serra e Longo (Lamborghini)

20180430-BR-Endurance-CWB-Lambo-Farol-BT

Grid teve protótipos brasileiros e carros da categoria GT3 internacional

Três duplas paulistas ocuparam o pódio da classificação geral das 4 Horas de Curitiba, competição que marcou a abertura do Endurance Brasil, com a estreia vitoriosa em pistas nacionais do Lamborghini Huracán pilotoado por Daniel Serra e Francisco Longo. O campeonato de resistência é aberto a carros importados da categoria GT3 internacional e protótipos brasileiros equipados com diversos tipos de motores. Um deles, o AJR-Chevrolet V8 do trio Carlos Kray/David Muffato/Vicente Orige, por exemplo, alinhou na pole position mas na corrida problemas típicos da juventude do carro forçaram o abandono na terceira hora da prova.

A partir da esquerda: os três melhores na classificação geral: Negrão, Negrão Jr, Longo, Serra, Maurício e Longo (Bruno Terena),

A partir da esquerda: os três melhores na classificação geral: Negrão, Negrão Jr, Longo, Serra, Maurício e Longo (Bruno Terena),

Além dos vencedores Daniel Serra e Francisco Longo subiram ao pódio Ricardo Maurício e Marcel Visconde (Porsche 911 GT3 R) e Xandy e Xandynho Negrão (Mercedes Benz AMG GT3). O melhor biposto nacional foi o MC Tubarão de Tiel Andrade e Júlio Martini, que ficou em quarto lugar.

O protótipo AJR-Chevy (Esquerda) largou na pole position, ao lado da Lambo Huracan vencedora (Bruno Terena)

O protótipo AJR-Chevy (Esquerda) largou na pole position, ao lado da Lambo Huracan (D) vencedora (Bruno Terena)

A categoria vive uma fase de expansão e quatro de suas etapas vão acontecer em programação que inclui eventos do Porsche Club Brasil, encontro organizado pela revenda Sttutgart. A ideia agrega status e importância ao campeonato nacional, certame que em breve poderá recuperar as boas disputas do Campeonato Brasileiro de GT3 disputado há alguns anos. A diversidade de automóveis e marcas que formaram o grid de 30 carros inclui também carros das marcas Aston Martin, Audi, BMW, Ferrari, além dos protótipos brasileiros. O campeonato prossegue dia 30 de junho em Interlagos (SP).

Resultado final da 4 Horas de Curitiba:

1º) Daniel Serra/Chico Longo (Lamborghini Huracán #19), 140 voltas
2º) Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche 911 GT3 R #70), 139 voltas
3º) Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Mercedes-Benz AMG GT3 #09), 138 voltas
4º) Tiel Andrade/Júlio Martini (MC Tubarão #05), 134 voltas
5º) Cláudio Ricci/Fernando Poeta/Beto Giacomello (MCR-Lamborghini #18), 133 voltas
6º) Daniel Claudino/Ian Ely (MCR-VW Turbo #71), 132 voltas

 

Categoria GT3

1º) Daniel Serra/Chico Longo (Lamborghini Huracán #19)
2º) Marcel Visconde/Ricardo Mauricio (Porsche 911 GT3 R #70)
3º) Xandy Negrão/Xandinho Negrão (Mercedes-Benz AMG GT3 #09)

GT4

1º) Sergio Ribas/Guilherme Ribas (BMW M3 GTR #63)
2º) Henry Visconde/Carlos de Andrade (Audi RS3 #64)

P1

1º) Tiel de Andrade/Julio Martini (Tubarão #05)
2º. Cláudio Ricci/Fernando Poeta/Humberto Giacomello (MCR Lambo #18)

P2

1º) Cali Crestani/Fernando Stedile (Tornado #03)
2º) Henrique Assunção/Fernando Fortes/Emilio Padron/Fernando Ohashi (MRX #75)

P3

1º) Rafael Simon/Gustavo Simon (MRX #56)
2º) C.Cignetti/R. Furquim/J. P. Magalhães (Protótipo #77)