Pilotos da F3 Brasil recebem prêmio em dinheiro

Pilotos da F3 Brasil recebem prêmio em dinheiro

Competidores que participaram de todas as corridas da temporada 2015 receberão premiação da CBA por meio de projeto da Lei Federal de Incentivo ao Esporte
Principal campeonato de base do país e categoria mais rápida do automobilismo brasileiro, a Fórmula 3 distribuiu prêmio em dinheiro aos pilotos que competiram em todas as etapas do calendário da temporada de 2015, que consagrou Pedro Piquet como bicampeão da classe A e Guilherme Samaia na Light.

O ‘Prêmio de Participação da Temporada 2015 da F3 Brasil’ repassou R$ 14.463,11 líquidos a cada um dos dez pilotos que estiveram em todas as corridas do campeonato. Os valores fazem parte de um projeto da CBA, contemplado na Lei Federal de Incentivo ao Esporte.

“Além de servir como principal categoria-escola ao jovem que sonha com as principais categorias de monopostos do mundo, a Fórmula 3 oferece uma base atraente dentro de um grande evento e essa premiação relacionada a 2015 é mais um incentivo aos pilotos, por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte”, elogia Cleyton Pinteiro, Presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo

Foram premiados os pilotos Christian Hahn, Fernando Croce, Guilherme Samaia, Igor Fraga, Artur Fortunato, Carlos Cunha Filho, Matheus Iorio, Matheus Muniz, Pedro Piquet e Rodrigo Baptista. Os prêmios foram entregues hoje, sexta-feira (18) em São Paulo pelo presidente da CBA.

A temporada 2016 da Fórmula 3 Brasil começa no próximo dia 9 de abril no Velopark, em Nova Santa Rita (RS). A categoria segue com um projeto aprovado pelo Ministério do Esporte para captar patrocínios por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, uma ferramenta que tem sido amplamente utilizada pela CBA para viabilizar ações importantes do automobilismo nacional.