Seletiva de Kart Petrobras: Vídeo Release Final 2015

Seletiva de Kart Petrobras: Vídeo Release Final 2015

Vinícius Papareli fatura o título da 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras na Granja Viana. Gaetano Di Mauro fica em segundo, é o melhor estreante e leva o Troféu Lubrax. Bruno Bertoncello termina em terceiro e também participará do programa de orientação.

Mais uma final emocionante, muito equilibrada e envolvendo os 12 melhores kartistas da categoria Graduados em 2015 definiu no dia 4 de novembro os campeões da 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras. O paulista Vinícius Papareli, de 17 anos, faturou o título no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP), com apenas quatro pontos de vantagem para o vice-campeão Gaetano Di Mauro (38,5 contra 34,5). O gaúcho Bruno Bertoncello terminou em terceiro (32 pontos). Para aumentar a tensão e emoção, a prova final ainda contou com chuva e foi encerrada com bandeira vermelha.

Para baixar as imagens do vídeo release, os links são:

MP4: http://we.tl/aJBGjOP5YN

Link Clipe Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=URwjbN8ZyTw

Vice-campeão em 2014, Papareli faturou o prêmio em dinheiro de 64 mil reais, Gaetano foi o melhor estreante e levou o Troféu Lubrax e a premiação de 5 mil reais. Além disso, os três primeiros participarão de um programa de orientação, que inclui uma série de ações, entre elas teste em um simulador de F-1 na Europa, treinos com a equipe Koiranen GP da Fórmula Renault Europeia, participação no Mitsubishi Racing Experience com Ingo Hoffmann no Brasil, treino físico e mental com Nuno Cobra Júnior, entre outros.

Papareli, que já havia terminado o primeiro dia da decisão na frente, na terça-feira (3), não deu chances aos adversários nas baterias finais e fez duas corridas perfeitas. Apesar de ser o mais velho dos selecionados, Di Mauro, de 18 anos, disputou sua primeira final e elogiou o nível da competição. Fechando os três premiados de 2015, Bertoncello lamentou não ter chegado ao título em sua terceira final da Seletiva de Kart Petrobras, mas lembrou que ainda pode tentar novamente em 2016.

Equilíbrio até o final
O último dia da decisão começou com a primeira repescagem. Murilo della Coletta e Sérgio Crispim deram adeus à Seletiva e Matheus Branquinho seguiu adiante. Na sequência, foram realizadas duas baterias eliminatórias, com disputas bastante equilibradas. Gaetano venceu uma delas, seguido por Bertoncello e o amazonense Gabriel Silva. Papareli e Gabriel Sereia abandonaram, após baterem. Na outra, vitória de João Rosate e Zaiya Fontana em segundo. Luiz Matheus foi o terceiro, Luiz Branquinho, o quarto, e Juan Vieira abandonou.

Com os resultados, Gaetano, Bertoncello, Papareli, Rosate e Fontana garantiram suas vagas nas duas provas da final, com apenas três pontos de diferença entre eles, e Silva ficou com a última vaga na repescagem.

Na primeira final, Papareli pulou na frente, tomando a ponta de Gaetano para vencer. Fontana também superou Gaetano e chegou em segundo. Largando na frente, na última prova, que valia mais pontos, Papareli não deu chance aos adversários e venceu sem ser incomodado. A prova foi encerrada com bandeira vermelha e teve 10 das 20 voltas previstas, em virtude da chuva que começou a cair forte no kartódromo do interior paulista. Com isso, valeu apenas metade da pontuação.

Atletas olímpicos também aceleraram na Granja Viana
Antes da decisão da Seletiva de Kart Petrobras 2015, uma ação com atletas olímpicos do Time Petrobras e pilotos profissionais agitou o kartódromo da Granja Viana. Karina Lakerbai (esgrima), Yane Marques (pentatlo moderno), Larissa e Talita (vôlei de praia), Gabriel Moraes (remo), Mayra Aguiar (judô), Serginho (vôlei), Marcus Vinícius D´Almeida (tiro com arco) e Ângelo Assumpção (ginástica artística) aceleraram em duplas com algumas feras das pistas: Max Wilson (campeão da Stock Car), Ricardo Maurício (bicampeão da Stock Car), Lucas Foresti (Stock Car), Tuka Rocha (Stock Car), Guilherme Salas (Copa Petrobras de Marcas), João Vieira (campeão da Seletiva em 2012), Pietro Rimbano (campeão da Seletiva em 2014), André Negrão (GP2), Giuliano Raucci (F-4 Italiana) e Matheus Iorio (Fórmula 3 Brasil). O atleta paralímpico Daniel Dias (natação) também prestigiou o evento.

Cada atleta correu em dupla com um piloto, mas em provas separadas, valendo pontos. Tuka Rocha fez a pole entre os pilotos e venceu a corrida, seguido por Raucci, Iorio, Foresti, Maurício, Rimbano, Vieira, Negrão, Wilson e Salas. Entre os atletas, Larissa levou a melhor e cruzou a linha de chegada em primeiro. Na sequência, vieram: Assumpção, D´Almeida, Yane, Mayra, Serginho, Karina, Talita e Moraes.

Com a soma de pontos Foresti e D´Almeida marcaram 13 pontos, assim como Rocha e Karina. Mas como o resultado do atleta valia para o desempate a vitória ficou com Foresti e D´Almeida. Max Wilson e Larissa terminaram em terceiro, com 12 pontos.

Resultado final da 17ª edição da Seletiva de Kart Petrobras
1) Vinícius Papareli — 38,5 pontos — CAMPEÃO
2) Gaetano di Mauro — 34,5 pontos
3) Bruno Bertoncello — 32 pontos
4) Zaiya Fontana — 31 pontos
5) João Vitor Rosate — 29,5 pontos
6) Gabriel Silva — 21,5 pontos
7) Gabriel Sereia — 17 pontos
8) Luiz Branquinho — 16 pontos
9) Luiz Matheus — 14 pontos
10) Sérgio Crispim — 13 pontos
11) Juan Vieira — 11 pontos
12) Murilo della Coletta — 7 pontos

Confira todos os resultados no site: http://www.caradec.com.br/site/eventos2tab.asp?cmp=168&etp=530

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a Seletiva foi composta por quatro etapas classificatórias em 2015, realizadas dentro dos principais campeonatos regionais do país. Doze pilotos foram selecionados para a grande final, onde competiram em condições de igualdade. Participam do torneio kartistas entre 15 e 18 anos. Desde 2012, ex-campeões não podem defender seus títulos. Em média, aproximadamente 110 pilotos tentam a vaga na final da Seletiva por ano e, em 17 anos, mais de 200 já estiveram disputando a final.

Considerada uma referência entre os kartistas do Brasil, a Seletiva de Kart Petrobras é reconhecida (desde 2001) como evento oficial da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) e da Comissão Nacional de Kart (CNK).

Além da maior premiação em dinheiro do kartismo nacional, a Seletiva de Kart Petrobras contemplará três competidores com a participação em um programa de orientação de pilotos, que inclui um teste com simulador de F-1 na Europa, um teste com uma equipe do automobilismo de base europeu, com a orientação de um coach, acompanhamento físico e psicológico, experiência com carros de turismo no Brasil, palestra sobre marketing e media training. A premiação total – somando todas as ações – chega a 250 mil reais. O campeão recebeu 64 mil reais em dinheiro.

Os finalistas disputam o título com chassis fornecidos pela fabricante Bravar.

Mais informações: www.seletivadekartpetrobras.com.br

Informações para a imprensa:
FGCom
Fernanda Gonçalves / Beatriz de Paula / Gabriely Menezes
Tel. 11 4116.5509
fernanda@fgcom.com.br /beatriz@fgcom.com.br / gabriely@fgcom.com.br
www.fgcom.com.br